0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

Há uma gama de opções para o futuro no que diz respeito ao tratamento da Ejaculação Precoce. Moléculas como DA-8031, Promescent, silodosin, Botulinum toxina-A e resiniferatoxina podem estar perto dos  futuros tratamentos para esta doença.

Ejaculação precoce baseia-se um reflexo espinal regulado centralmente de forma complexa.  É um processo altamente complexo que requer a coordenação de outros receptores sensoriais e vias nervosas aferentes, bem como áreas motoras e sensoriais do cérebro, o centro motor da coluna vertebral e múltiplas vias eferentes. O controle da ejaculação é feito através de uma variedade de neurotransmissores, distribuídos por todo o núcleo supra-espinhal  e da coluna vertebral.

A farmacoterapia é o pilar do tratamento, e a única droga aprovada em alguns países para este efeito é dapoxetina.  Analgésicos opióides, como o tramadol e inibidores da fosfodiesterase são outros medicamentos aceitáveis.

Estudos com animais têm demonstrado a importância de certos neurotransmissores como a serotonina (5-hidroxitriptofano [5-HT]), dopamina (DA) e a ocitocina, que pode, portanto, assumir um papel importante como futuros alvos terapêuticos.  Além disso, vias sensoriais aferentes que são necessários para o reflexo inicial também pode ser utilizado como novas estratégias terapêuticas através da manipulação de nervos aferentes periféricos.  Também é esperado que eles interferem com o mecanismo eferente que medeia  a contração dos músculos envolvidos, atrasando a fase de emissão.

Para simplificar a classificação, agrupamos os alvos terapêuticos de acordo com o escopo de sua ação, central ou periférica.

O objetivo deste estudo é apresentar uma revisão narrativa e a análise profunda dos mais novos alvos terapêuticos e moléculas com potenciais benefícios em ejaculação prematura (PE), de acordo com os estudos translacionais disponíveis.

0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

IMPOTÊNCIA: Bebida alcoólica em excesso e cigarro podem causar problemas na vida sexual do homem

“O importante é o paciente se conscientizar de que uma vez que ele inicie com este tipo de sintomatologia, com dificuldade de ereção ou perda de libido ou dificuldade de manter a ereção ou ejaculação precoce, que ele recorra a um urologista para que seja tratado. Hoje em dia nós vivemos um momento de revolução na história do tratamento da disfunção erétil, pois nós temos todas as drogas, tão conhecidas, que podem resolver, em parte, o problema.”

Clique aqui para áudio

0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

Dúvidas mais frequentes sobre ejaculação precoce

Curiosamente 30% de homens do mundo inteiro que sofrem de ejaculação precoce e apesar de ainda pouco estudada a indústria farmacêutica investe em mais um medicamento que já é utilizado em vários países : a dapoxetina, que ainda se encontra em fase final de avaliação pela FDA, mas que já pode ser encontrada no Brasil.

Essa nova droga, que é um antidepressivo de efeito de  curto prazo e pode ser usado três horas antes da relação. Dr. Charles Rosenblatt, médico urologista do Hospital Israelita  Albert Einstein comenta que “os resultados do uso da dapoxetina associados à psicoterapia tem mostrado resultados surpreendentes e que quando não tratada ela pode acabar com a auto-estima do homem e pode se transformar num problema de ereção”.

 

Leia mais: Perguntas mais frequentes relacionadas à ejaculação precoce.

Leia mais: Ejaculação precoce tem nova droga para seu controle. Trata-se de Dapoxetina

Informação De Segurança Importante Sobre PRILIGY®

 

Informação De Segurança Importante Sobre PRILIGY®  

 

0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

Priligy (Dapoxetina) é a nova droga para o tratamento da Ejaculação precoce.PRILIGY® é um medicamento oral aprovado para o tratamento da Ejaculação Precoce (EP) em homens com idade compreendida entre os 18 e os 64 anos.
A eficácia de PRILIGY® no tratamento da ejaculação precoce foi estabelecida em cinco ensaios clínicos em dupla cego e controlados com placebo, nos quais foram aleatorizados um total de 6081 indivíduos. A dose inicial recomendada é de 30 mg, devendo ser tomado de 1 a 3 horas antes da relação sexual.

ej-pre01

ej-pre02

ej-pre03

ej-pre04

ej-pre05

ej-pre06

ej-pre07

ej-pre08

ej-pre09

ej-pre10

ej-pre11

ej-pre12

ej-pre13

ej-pre14

ej-pre15

ej-pre16

ej-pre17

ej-pre18

ej-pre19

ej-pre20

ej-pre21

ej-pre22

ej-pre23

ej-pre24

ej-pre25

ej-pre26

ej-pre27

ej-pre28

ej-pre29

ej-pre30

ej-pre31

ej-pre32

ej-pre33

ej-pre34

ej-pre35

ej-pre36

    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    ou copiar este link

    Ejaculação precoce tem nova droga para seu controle. Trata-se de Dapoxetina, um recaptador seletivo da
    serotonina, e apresenta resultados surpreendentes.

    Guideline PDF, Medical Management of Premature Ejaculation: Dapoxetina e ejaculação precoce

    Outro artigo::A ejaculação precoce (EP) é a queixa sexual masculina, mais comum e que podem exercer um profundo impacto negativo sobre a vida do homem e da parceria. A utilização de alternativas de tratamento atualmente disponíveis (por exemplo,inibidor de absorção seletiva da serotonina, agentes que atuam localmente sobre o pénis), PE pode ser tratado, porém nem todos os pacientes respondem bem ao tratamento. No entanto, uma vez que as taxas de sucesso a longo prazo têm sido decepcionantes, as drogas que atuam na ação seletiva de serotonina como por exemplo a dapoxetina, um inibidor de recaptação, existe atualmente uma necessidade e uma intensa busca por novas modalidades de tratamento:

    Guideline PDF: Therapeutic targets for premature ejaculation