0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

O procedimento da crioterapia é bem simples e leva cerca de 1 hora utilizando a técnica percutânea. Pode ser realizado com anestesia local. Por meio de ultrassom e tomografia computadorizada em tempo real é identificado o tumor renal. Depois de afastar os órgãos próximos com solução de soro fisiológico introduzido por agulha, como intestino,fígado e baço, é introduzido agulhas muito finas diretamente no tumor. O argônio sob pressão passa pelo interior das agulhas a uma temperatura de até -150 graus Celsius, congelando o tecido ao redor.

Temperaturas abaixo de 40º C são suficientes para promover a morte celular. Portanto são realizados durante a cirurgia dois ciclos de congelamento para garantir que a temperatura seja adequada ao final do processo. O resultado é a destruição total das células cancerígenas do local, que ficam mortas e completamente inativas.

O maior benefício da crioterapia, sem dúvida, é o fato de ser menos invasiva e possibilitar o tratamento de múltiplos tumores . Com este tratamento podemos liberar o paciente no mesmo dia.

A crioterapia ainda é um procedimento inovador e novo no Brasil. Atualmente, a cirurgia é realizada no hospital Albert Einstein em São Paulo.

PPT: crio-rim-transplantado

 

Filed under: Câncer de Rim