0
0
0
0
0
0
0
0
0
ou copiar este link

Ampliando a satisfação pessoal e a produtividade profissional

SÍNDROME METABÓLICO:
La evolución del concepto – cambiando paradigmas médicos

El síndrome metabólico representa la prevalencia concomitante de:

  • obesidad,
  • hiper- y dislipoproteinemia,
  • DM 2,
  • gota,
  • hipertensión arterial,

asociado a una mayor incidencia de enfermedad vascular ateroesclerótica, hígado graso y colelitiasis, la cual se desarrolla sobre la base de una mayor susceptibilidad genética combinada con sobre-nutrición e inactividad fisica.

Sinfrome001

Sinfrome002

Sinfrome003

Sinfrome004

Sinfrome005

Sinfrome006

Sinfrome007

Sinfrome008

Sinfrome009

Sinfrome010

Sinfrome011

Sinfrome012

Sinfrome013

Sinfrome014

Sinfrome015

Sinfrome016

Sinfrome017

Sinfrome018

Sinfrome019

Sinfrome020

Sinfrome021

Sinfrome022

Sinfrome023

Sinfrome024

Sinfrome025

Sinfrome026

Sinfrome027

Sinfrome028

Sinfrome029

Sinfrome030

Sinfrome031

Sinfrome032

Sinfrome033

Sinfrome034

Sinfrome035

Sinfrome036

Sinfrome037

Sinfrome038

     

    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    ou copiar este link

    Felizmente a Anvisa se posicionou como representante de País de primeiro mundo e liberou a vacina em meninos na prevenção do HPV.

    Vacina em homens de 9 a 26 anos contra HPV
    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a indicação da vacina contra o papilomavírus humano (HPV) para meninos e homens de 9 a 26 anos de idade. A indicação é para prevenir verrugas genitais e lesões relacionadas aos tipos 6 e 11 do vírus. Para mulheres, a vacina havia sido aprovada no Brasil em 2008, mas só está disponível em clínicas particulares.

    A base da aprovação da vacina para o sexo masculino foi um estudo publicado no “New England Journal of Medicine”, que comprova a redução de 90% das lesões genitais externa e também a diminuição da infecção persistente pelo HPV em 85% dos casos. O estudo foi feito com 4.065 homens de 16 a 26 anos, em 18 países (incluindo o Brasil) e comprovou eficácia da vacina contra os tipos 6, 11,16 e 18 do papilomavírus.

    A diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações, Isabela Ballalai, diz que, apesar de as mulheres ainda serem o foco principal da vacina por causa do câncer de colo uterino, imunizar homens tem o seu ganho.
    – Sabemos que 40% dos casos de câncer de pênis estão relacionados ao HPV. Os tumores de ânus também e chegam a 30% dos casos diagnosticados nos homens. Nos Estados Unidos, a vacina para o sexo masculino foi aprovada em 2009 – disse.

    Hélio Magarinos, presidente regional da Sociedade Brasileira de Patologia, lembra que a maioria dos homens fica a parte quando o assunto é o HPV. ” Existe a falsa informação de que o sexo masculino não tem risco de desenvolver câncer por HPV e que somente as mulheres terão tumor. E os homens só fazem exames para confirmar o vírus quando já apresentam alguma lesão e o médico tem quase certeza do diagnóstico” explica Magarinos.

    A infecção por HPV atinge cerca de 630 milhões de pessoas no mundo. O risco de contágio é alto, chegando a 80%, e o vírus pode ser transmitido mesmo que esteja latente (sem manifestação visível). O HPV pode permanecer no organismo sem qualquer sintoma por anos. Para a maioria, o vírus desaparece espontaneamente e desenvolver um câncer pode levar até 20 anos.

    Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), existem mais de 200 tipos diferentes de HPV. Eles são classificados em de baixo e de alto risco de câncer. Os tipos 16 e 18 respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero. Já os tipo 6 e 11 estão presentes em 90% das verrugas genitais.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mat/2011/05/26/anvisa-aprova-indicacao-da-vacina-contra-hpv-para-homens-924546678.asp#ixzz1NxdPoujT

    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    ou copiar este link

    Atender aos pacientes com patologias urológicas (doencas sexualmente transmissíveis , doenças da próstata, rins, bexiga, pênis e testículos, etc) no mais alto nível humano e tecnológico existente, apresentando sempre técnicas avançadas para vasectomia(como a anestesia sem agulha) e reversão de vasectomia (técnica por mini-incisão) , para o tratamento de cálculos do aparelho urinário como a Litotripsia a Laser, além do tratamento endoscópico para Hipertrofia Prostática Benigna (Ressecção Endoscópica de Próstata) e Prostatectomia Radical pelo Robot da Vinci para Câncer de Próstata, oferecendo tranqüilidade aos pacientes, através de um ato operatório totalmente indolor, seguido de uma boa orientação pós operatória e um suporte médico sempre a disposição para orientação nos casos que se fizerem necessários . Nossa visão é ser referência nacional no tratamento destas patologias, atuando com qualidade, competência e tecnologia, tendo como valores a ética, responsabilidade, excelência e atendimento humanizado associados à constante atualização médica.